Autoconhecimento na visão de Jung

"Para o pesquisador suíço Carl Jung, o grande sentido da vida é a individuação: processo de profundo autoconhecimento onde tomamos a coragem de nos confrontar com velhos medos e com o que desconhecemos de nós próprios. Uma vez que alguém se entrega a esse caminho nada racional, sua vida parecerá ser magicamente conduzida por uma sabedoria maior que Jung denominou Self (o Si-mesmo), o centro de cada um de nós.

Individuar-se significa fazer o ego (a consciência da superfície) ir ao encontro desse centro ordenador. Representa separar-se da massa, do turbilhão inconsciente e adquirir autonomia, tornar-se uma totalidade psicológica, una e centrada, sem divisões internas, autoconsciente: um in-divíduo. Este é o caminho para a personalidade total e a buscada realização pessoal. Para Jung, o futuro da humanidade dependerá diretamente da quantidade de pessoas que conseguirem se individuar. "

 

home
asthanga power yoga

www.yogabrasil.com.br

revista yogabrasil