Inversões/ Retroflexões
Eloisa Vargas

Toda a postura que lança nosso corpo para trás é uma postura que desafia nossos medos. O movimento "para trás" - backbend ou retroflexão associado às inversões ( cabeça para baixo), lança nosso corpo para o desconhecido e neste momento,  sentimos como se fossemos dar um pulo no escuro. Em resposta, o corpo é travado pela mente hesitante como se houvesse um freio nos músculos impedindo o movimento e nos tornando incapazes de qualquer ação. Sentimos medo de enfrentar uma situação "diferente", nosso cérebro não está acostumado a enfrentar estes desafios de uma forma natural e espontânea e assim, reage disparando o medo no intuito de defesa. Nosso cérebro gosta de andar apenas pelo conhecido e é por isto que não somos seres muito criativos. Isto é perfeitamente normal. Portanto, se isto é normal, precisamos fazer algo diferente para quebrar este padrão e talvez, possamos ter a  chance de nos tornarmos criaturas mais criativas, mais livres.

A liberdade produz criatividade e um ser livre do medo psicológico é um ser criativo. Como Iyengar diz: Seja cauteloso. Seja corajoso. Quando praticamos cautela o suficiente, é hora de praticar coragem. A cautela se refere ao estágio onde você está se preparando para a pose e isto poderá levar no mínimo quatro meses.
A preparação para um asana que apresenta um alto grau de dificuldade tem início com a correta atitude mental. É necessário praticar Prathyahara (abstração dos sentidos sensoriais) e em seguida,  Dharaná ( fixar a mente em um único ponto, focar). Estas técnicas do Yoga possibilitarão a estabilização da mente para que possamos nos libertar do fluxo de pensamentos. A mente necessariamente deverá estar calma, sem movimento, em silêncio. Podemos focar na respiração para obter este estado.

É necessário lidar com todo o aparato psicológico em inversões e retroflexões. Precisamos eliminar a fonte da qual emanam as sensações do medo que estão chegando ao corpo através da memória, do pensamento. A atenção ( foco) é a chave para cessar o fluxo de pensamentos que perturbam nossa serenidade trazendo impressões que se transformam em medo. Em certos momentos não podemos dar ouvidos aos pensamentos, aos registros, ao banco de dados dentro da nossa cabeça ou seja, ao nosso PASSADO. Precisamos nascer de novo a cada asana do contrário, o acúmulo de informações impede o processo.
 Precisamos nos manter no "agora", sem pensar, sem acessar nosso banco de dados cujo conteúdo, registros gravados ( memória), despertam os nossos medos. O medo é um registro no nosso sistema de crenças. O medo é bom quando atua na nossa preservação e defesa. O medo de "algo real" é saudável. O medo psicológico é inútil e é sobre este medo, o psicológico, que as retroflexões/inversões atuam. Hatha Yoga é uma disciplina que parte do ponto físico ,e tem no físico a alavanca que desfará nossos bloqueios mentais. Para que a mente possa ser atingida através do corpo, as inversões e retroflexões colocam0nos em situações que, numa primeira abordagem , despertam este medo físico: o medo de cair no chão!

Yoga significa equilíbrio. Em todas as situações da prática, estaremos na busca pelo equilíbrio usando a percepção para definir a localização do centro de gravidade que se altera a cada movimento sutil do corpo na busca da estabilidade da pose. Por outro lado, precisamos entender que, a menos que estejamos dispostos a correr riscos, não conseguiremos apresentar asanas de equilíbrio. A queda faz parte do jogo e não devemos teme-la. Devemos preparar nosso corpo para que esteja  apto a sustentar seu próprio peso e, se por acaso ocorrer a queda, será dentro de  padrões de segurança.

Para resolver o medo de cair no chão , embora conscientes de que a queda poderá ocorrer, precisamos das técnicas e exercícios que manterão nossos braços, tronco, pélvis e pernas fortes para a demanda solicitada. Através disto, adquirimos "confiança" no corpo e através da confiança, aprendemos a lidar com o medo.

Observo que, alguns de meus alunos, embora possuam condições para executar retro flexões/ inversões recusam-se ( inconscientemente) a fazê-lo. Significa que o processo de uma retroflexão/inversão não envolve apenas as condições bio mecânicas.
 
 

home
asthanga power yoga

www.yogabrasil.com.br

revista yogabrasil