Priorizando o Yoga na vida
extraído de um diálogo com Ricardo A.Arntl
janeiro 2002

Algumas pessoas entendem que a vida deve ser uma luta e que o estresse faz parte do contexto de estar ativo e trabalhando. Isto origina-se a partir de um sistema de crenças errado baseado na busca de segurança através de métodos que agem contra a saúde física e mental. 

Esta agitação demonstra falta de conhecimento das coisas que são verdadeiramente essenciais para a vida e inevitavelmente conduz ao esgotamento das forças físicas e mentais. A opção aqui é pelo estresse e não pelo equilíbrio. Estas pessoas jamais encontram tempo para relaxar e precisam aprender algo que as discipline para que promovam um rumo diferente na forma de abordar a vida. 

A prática do Yoga promove este equilíbrio mas não deveria estar condicionada apenas ás aulas.  É importante que o aluno leve o Yoga para fora da sala de aula e torne-se autônomo  livrando-se assim de só fazer Yoga quando tem alguém no comando. O importante , antes de fazer posturas difíceis é, sem dúvidas, a auto suficiência no básico, é a consolidação de cada coisa que aporendeu.

Praticar Yoga sem disciplina é "entretenimento" e disciplina é algo que a maioria não tolera. O Yoga só dá respostas profundas para os que a ele se dedicam com disciplina e perseverança. Um praticante dedicado, não parou de viver, de trabalhar, de ganhar dinheiro, de cumprir compromissos por causa do Yoga. Ele apenas entendeu que o Yoga é a base, ou seja,  a plataforma de lançamento para todas as coisas externas. Entendeu que pode viver melhor, trabalhar melhor, ganhar dinheiro melhor e cumprir e honrar seus compromissos sem tanto estresse. Quando aprendeu a priorizar o Yoga em sua vida, percebeu o que é verdadeiramente essencial para viver. 

Não se trata apenas de praticar em aula  e sim em todos os momentos da sua vida mantendo a mente saudável, aberta, inteligente, criativa - o que gera saúde e bem estar. Quem não entende o princípio básico de que o Yoga deve ser o centro, não estará de fato praticando e certamente logo desistirá. 

x

home
asthanga power yoga

www.yogabrasil.com.br

revista yogabrasil