Sobre Yôga e Yoga:
por Eloisa Vargas

Quando o pessoal chega ao Yoga, entre as várias perguntas que me fazem, uma delas é interessante: como pronunciar Yoga? Com "o" aberto ou fechado? Como grafa-se a palavra Yoga?
Embora eu não considere este assunto importante, aqui vão algumas considerações sobre o tema:

Um professor de Yoga brasileiro, chamado Luis Sérgio De Rose, afirma que a grafia da palavra Yoga deve ser com acento circunflexo. Este professor criou uma marca para suas escolas denominada  Swasthya
(marca registrada comercialmente pela empresa Uni-Yôga). Por causa da mídia em torno da sua escola, estabeleceu-se uma pequena confusão: as pessoas desavisadas entendem que o que este professor proclama é válido para todos os estilos de Yoga praticados.
A confusão se estende a partir do momento em que este  professor declara na mídia ser o Yôga com circunflexo ( marca da sua escola)  o "autêntico Yoga" enquanto que os demais estilos são distorções ou apenas adaptações inócuas deste com praticas apenas para relaxamento. 

Isto não é verdade e parte de um ponto de vista pessoal da pessoa que o enfoca. O Yoga praticado no mundo inteiro não comunga com muitos dos princípios divulgados e ensinados pela mencionada escola. Todos temos o direito de construir nossas bases sobre aquilo que para nós é essencial. Mas, quando se trata de construir bases para o ensinamento do Yoga não há muito o que criar e sim muito o que respeitar.Penso que deveríamos, no mínimo, obedecer os fundamentos essenciais do Yoga que se encontram muito bem estabelecidos nos Yoga Sutras de Patanjali.

Por outro lado, entendo que  não é através da pronúncia do yoga com "o" aberto ou com "o" fechado que poderá ser avaliada a sinceridade ou autenticidade do praticante. Portanto, pronuncia-se Yoga da forma que melhor soa aos nossos ouvidos e pratica-se reverenciando os seus princípios básicos. Apenas como informação,  Yoga grafa-se sem acento circunflexo mas pronuncia-se com o "o" fechado observando o detalhe de que em determinadas regiões da Índia, Yoga seja pronunciado com o "o" mais aberto.
Leia abaixo, considerações técnicas sobre o assunto:
 

A grafia da palavra "Yoga" 

Pelo ponto de vista do sânscrito, e pelo diacrítico - um conjunto de sinais que foi adotado pelos acadêmicos de sânscrito do mundo todo - não há tal acento, sendo a palavra grafada como YOGA, com “Y”, e não com “I”. A grafia com “Y” é importante porque se trata de uma palavra estrangeira. Mas se for aportuguesada pode ser escrita com “I”. Contudo, nem com “Y”, e nem com “I”, pelas regras de acentuação da língua portuguesa, levará a palavra Yoga algum acento (Paroxítonas terminadas em “O”, “E”, “A”, “EM”, “EMS”, não são acentuadas, somente se forem palavras oxítonas levarão acento na última sílaba como “vovô”, “vovó”, etc. Essa é a regra culta da gramática portuguesa. Sendo assim, a grafia da palavra YOGA ou IOGA será sem acento, a primeira pelo fato de ser uma palavra estrangeira, e a segunda pela regra culta, tal qual "bolo", "bola", "jogo", "joga", "coco" (a fruta não leva acento), e o som da vogal “o” fica, na pronúncia entre o “ó” e o “ô”, não sendo nem totalmente fechado e nem totalmente aberto. Como falamos, dependendo da região da Índia, a vogal será mais aberta ou mais fechada durante a pronúncia. Na nossa língua portuguesa não deverá ser acentuada, para não quebrar as regras da ortoépia e da prosódia, conforme a regra culta.
Por uma convenção, ou Convenção de Harvard-Kyoto (HK), as regras diacríticas são as seguintes (todas sem nenhum acento):

a A i I u U R RR lR lRR e ai o au M H
k kh g gh G c ch j jh J
T Th D Dh N t th d dh n
p ph b bh m y r l v z S s h

As letras maiúsculas são dobradas, como "aa", e cuja representação diacrítica é a de uma letra "a" com um traço horizontal por sobre ela. 
fonte: do site A Sociedade da Vida Divina Brasil
 
http://201.11.192.117/pergunte/yogacento.php

REVISTA YOGABRASIL
estúdio sthanga power yoga


www.yogabrasil.com.br