Praticar sem pressa , sem cobrança e sem comparação
(eloisa vargas, 4/22/00 10:36:42 PM)


Na prática do Yoga, cada dia, é um dia diferente. O que fizemos ontem 
não importa  porque hoje, precisamos entrae em  uma prática toda nova. 
Devemos praticar os asanas, a cada vez, como se fosse a primeira vez! 

Os resultados não devem ser comparados pois praticamos no AGORA, 
sem metas estabelecidas e sem resultados a esoerar. 
Estabelecer metas ou comparar resultados nos tira do "agora" porque 
analisar e buscar metas são atributos do pensamento, do ego e desta 
forma, não obtemos o "silencio" interior que é o 
verdadeiro motivo da prática. 

Numa primeira abordagem o Yoga corretamente praticado colocará o 
praticante na consciência dos seus padrões de pensamento. 
Para isto, é necessário uma profunda convivência consigo mesmo, 
no silencio e na disciplina que o ásana (postura física) proporciona. Na quietude e na 
imobilidade você busca a paz (relaxamento completo) e o 
silencio para que possa ouvir a si mesmo, sentir a si 
mesmo, para que possa descobrir o "ser" que você é. Não existem 
métodos intelectuais para que isto seja feito. O processo
é absolutamente físico, ou seja, o mecanismo disparador é 
físico. 
O processo do Hatha Yoga usa o corpo como ferramenta e desta forma, é
diferente de um processo de terapia convencional. Não
existe diálogo externo, não existe análise no sentido de
julgamento de atos. É um dar-se conta a cada momento, a
cada movimento, a cada alongamento. É a arte do auto
conhecimento, pura magia, um tremendo processo de encontro
consigo mesmo partindo do seu próprio corpo, o seu ponto
de origem.Nosso corpo é o veículo que o Criador nos deu para trilharmos a Terra.

 Namaste!

home
asthanga power yoga
www.yogabrasil.com.br
revista yogabrasil